Notícias

15/01/2015
Ideias para o trânsito
ConGP prepara documento solicitando ao IPPUL alterações em diversas ruas do bairro

capasss.png

Preocupado com os problemas de trânsito no bairro, o ConGP, Conselho de Condomínios Residenciais da Gleba Palhano, redigiu um documento com onze sugestões que será entregue ao diretor de trânsito do IPPUL, João Ulisses Lopes, ainda neste mês de janeiro. A reunião que definiu as solicitações aconteceu no dia 16 dezembro de 2014, no condomínio Eco Jardins Residence. Marcelo Canhada, síndico local e presidente do ConGP, contou que essa iniciativa partiu do próprio João Ulisses Lopes, que havia participado pessoalmente de duas reuniões ordinárias do ConGP. Canhada explica: "Foi oportunizado nos últimos encontros do Conselho conhecermos os projetos em desenvolvimento no IPPUL para melhorias no sistema viário da Gleba Palhano. Algumas mudanças já estão sendo executadas, contudo, o diretor (João Ulisses Lopes) deixou três mapas para conhecermos o que o IPPUL pretende realizar; ele também abriu espaço para que a população discutisse e apresentasse sugestões. Esse é um tremendo avanço nas relações entre a sociedade civil e o poder público". 
Apesar de o tema ser de vital importância para a qualidade de vida de quem mora no bairro, apenas uma dezena pessoas se debruçou em torno da questão. Um desses participantes foi o advogado Paul Junger Kelter; ele disse que todas as sugestões foram pensadas de forma sistêmica, pois cada decisão tomada afeta o bairro inteiro. Para Kelter, faltam faixas de pedestres, sinalização e fiscalização. "Espero que os técnicos do IPPUL resolvam esses gargalos que nós apontamos no documento", disse. 
Antes de o documento ser entregue ao IPPUL, as onze sugestões serão discutidas na próxima reunião do ConGP, que acontecerá na última terça-feira deste mês, dia 26, sem local definido. Com o documento aprovado em assembleia, o texto será entregue ao diretor de trânsito do IPULL, João Ulisses Lopes. 

Ideias do ConGP para melhorar o trânsito da Gleba Palhano:
- Na Rua Jerusalém fazer estacionamento em somente um lado da via, a fim de facilitar o fluxo de veículos;
- Inserir dois quebra-molas na Rua Jerusalém, antes e depois da Praça Pé-Vermelho. Essa medida servirá para reduzir a velocidade dos veículos;
- Manter mão dupla em toda a Rua Jerusalém, para facilitar o fluxo de veículos;
- Na Alameda da Praça Pé-Vermelho, deixar estacionamento somente do lado direito da via. Essa ação objetiva diminuir o conflito entre pedestres e veículos, além de melhorar o fluxo no contorno da praça;
- Acréscimo de semáforos para diminuir o número de acidentes; 
- Tirar o retorno do canteiro da Rua Ernani Lacerda de Athayde, para diminuir o confronto de veículos;
- Rua Ernani Lacerda de Athayde sem estacionamento no canteiro central em toda a sua extensão (sugestão de placas para estacionar após as 18h, sábados, a partir das 14h, domingos e feriados, para melhorar o fluxo e visibilidade da via;
- Ajustar as faixas amarelas para não estacionar próximo às esquinas; 
- Colocar semáforo de três tempos para permitir a conversão de veículos na Rua João Wyclif;
- Baia de conversão da Rua Ernani Lacerda de Athayde para Rua João Wyclif;  
- Faixa de pedestres entre a Rua Ernani Lacerda de Athayde e Ayrton Senna.
  
Rafael Montagnini

Busca