Notícias

16/11/2020
Os benefícios gerados pelo uso de cortinas e persianas


O calor extremo tem despertado nas pessoas uma necessidade de proteger e sombrear suas residências, sobretudo neste momento, quando o home office se fez presente e este problema ficou mais evidente.

Uma solução eficaz se faz com o uso de cortinas e persianas que ofereçam proteção contra os efeitos nocivos dos raios UV (UVA/UVB), que, em ambientes residenciais e comerciais, podem queimar e danificar pisos, móveis e tapetes.

Somado a esse benefício, cortinas e persianas também podem trazer conforto térmico e visual com a diminuição do ofuscamento causado pelo excesso de luminosidade natural. No caso das celulares (simples ou duplas, com formato de favos), por conta da bolsa de ar que se forma em seus alvéolos, podem ainda proporcionar um efeito acústico.

Mais do que todas as características técnicas, no entanto, os atributos estéticos tornam o ambiente mais aconchegante, com o produto cumprindo a função de “vestir a janela”.


A escolha ideal deve suprir as necessidades do cliente e considerar as características de cada espaço. Para isso, é importante avaliar a intensidade de radiação recebida por meio da localização da fachada (leste, oeste, norte ou sul), para definição do nível de proteção solar; a necessidade de privacidade em algum momento do dia, de escurecimento total ou parcial, no caso de quartos, home theater etc.

Persianas horizontais, como Madeira, Alumínio (16mm, 25mm e 50mm), permitem o controle de entrada de luz por meio do basculamento das lâminas. Já as rolôs; as romanas e as linhas Shangri-lá, Mystique, Celular e XL Pleat oferecem proteção solar, privacidade, visibilidade, luminosidade ou mesmo escurecimento total, de acordo com a escolha do tecido.

Para locais com grande incidência de sol, indicamos as telas solares com fatores de abertura menores, por oferecerem maior proteção. A Uniflex tem em seu portfólio diversos fatores de abertura.

O ideal é que as cortinas e persianas sejam especificadas ainda no projeto, para que o local possa ser preparado para receber as peças. Prevendo antecipadamente tamanhos (largura e profundidade) de cortineiros ou sancas, reforço de gesso para instalação de peças mais pesadas ou motorizadas, pontos de elétrica, se necessário, diminuímos custos e problemas futuros, como novas reformas.

Em ambientes residenciais, o uso de tecidos decorativos e finos é mais indicado pelo leque de opções com oferta de tramas, cores e estampas. Já em projetos corporativos, é mais comum o uso de produtos que oferecem maior resistência, como o sistema de rolôs Mechoshade, com mecanismo mais robusto, ideal para utilização de vários usuários, e dez anos de garantia, a maior do mercado. Da mesma forma, as persianas de alumínio, 16mm e 25mm, têm grande aceitação na área comercial, pela simplicidade na limpeza e manutenção. No entanto, não existem restrições para o uso desses produtos em residências.

A arquiteta Thaísa Bohrer entende que "cortinas e persianas são artigos fundamentais na hora de finalizar a decoração de qualquer ambiente da casa. E sempre bate uma dúvida na hora de decidir o que usar. Na verdade, não existe uma resposta única, já que cada opção oferece vantagens específicas, e deixa o cantinho escolhido com uma atmosfera mais aconchegante, basta apenas optar pelo tecido e modelo ideal."

Por Adriana Karen, arquiteta

@uniflexdusoleil

Busca