Notícias

13/07/2020
Panceta à pururuca: você não vai se arrepender de experimentar!

Panceta à pururuca: você não vai se arrepender de experimentar!

Nunca imaginei, anos atrás, que o garoto sorridente, que não gostava muito de sociologia, mas simpático e bom de futebol, poderia um dia cozinhar tão bem a ponto de ser meu convidado no programa Multi Chef, no canal do Youtube da Multi TV, do Grupo Folha de Comunicação. Pedro Batyras, que outrora havia sido meu aluno, o pequeno sociólogo, é agora um universitário e um cozinheiro de respeito! E dia desses foi ele o convidado para gravar comigo. A receita? Uma panceta à pururuca!

 

Para acompanhar, Pedro preparou uma caipirinha de morango com saquê. Essa, todavia, todo mundo sabe preparar. Já a panceta não é algo tão simples assim. Ou tão corriqueiro, talvez. Afinal, embora sejam poucos os ingredientes, é necessário ter muito cuidado. O Pedro ensinou o passo a passo, que reproduzo aqui para você, querido leitor (o vídeo completo está no YouTube da Multi TV). Vamos aprender?

 

Anote aí: compre uma peça de panceta (no caso, o Pedro preparou uma de 3,5 kg), fure o courinho para que o tempero possa penetrar na carne e jogue sal (a gosto, mas nem tanto – pode ser o chamado sal de parrilla), espalhe bem e acrescente o tempero especial, o lemon pepper (pimenta de limão). Aliás, você já experimentou essa especiaria? Fica deliciosa, inclusive para fazer risoto e até para assar uma torradinha. É uma iguaria que confere muito sabor. Por fim, para realçar a ardência e a picância, utilize um pouco de pimenta do reino.

 

No final de tudo, coloque uma pequena dose de cachaça, no lado da carne (não do lado do couro), porque senão a carne não fica pururuca. Aí você vai precisar enrolar a carne e, por fora dela, na parte do courinho, salpicar farinha de trigo, que ajuda a deixá-la crocante. Feito isso, leve à churrasqueira, com a brasa já quente. E deixe. Vá monitorando, percebendo como está e, quando achar que deu uma boa tostada, tire a panceta, corte-a em tiras e devolva à churrasqueira, para que o processo de crocância também ocorra no interior da carne.

 

Cuidado para não deixar queimar! Esse processo leva uns 25 minutos. Quando você perceber que está no ponto certo, retire e sirva. Se puder, faça um arroz branco, prepare uma farofa e deixe limão rosa à disposição para quem quiser. Meus amigos e conhecidos sabem que gosto de tomar vinho, mas, na realidade, esse prato cai muito bem com uma cervejinha bem gelada! Ou, então, com a caipirinha preparada no início do programa. O resultado? Tenho certeza de que todo mundo que provar vai gostar. Aliás, teve seguidor no Instagram que me mandou foto, depois de assistir ao vídeo, mostrando que fez o prato (e não me convidou, rs).

 

 

Fábio Luporini (@fabio_luporini) é jornalista, assessor de imprensa, mestre de cerimônias e professor particular. Apresenta o programa Multi Chef, toda terça-feira, no canal do Youtube da Multi TV.

 

Busca