Notícias

13/05/2020
Constelação Familiar, conhece?

Constelação Familiar, conhece?

Terapias holísticas vêm conquistando cada vez mais espaço entre adeptos de tratamentos alternativos para recuperação de saúde, equilíbrio interior e bem-estar

Uma terapia que ganhou mais força, com cada vez mais pessoas comprovando sua eficácia, é a Constelação Familiar, criada pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger. Trata-se de uma dinâmica terapêutica que visa encontrar clareza e solução para problemas, doenças, dificuldades e conflitos, muitas vezes com origem em nosso sistema familiar. Revelam, assim, que não são apenas dificuldades de uma pessoa, mas de toda uma linhagem, que se repetem, de forma inconsciente, ao longo de gerações.

 

A Constelação Familiar entende e classifica três ordens que fluem dentro de um sistema:

1 - A necessidade de PERTENCER a um grupo ou clã.

2 – A promoção do EQUILÍBRIO entre o dar e o receber em todos os relacionamentos e situações interpessoais.

3 – O respeito à HIERARQUIA dentro do grupo ou clã.

Essas chamadas “Ordens do Amor” atuam sobre cada pessoa, no círculo familiar, nos relacionamentos ou na vida profissional, e qualquer desvio em relação a esses movimentos pode gerar desarmonia na vida.

Somos o exato desenho de uma grande árvore genealógica e, por esse prisma, entende-se que uma vida próspera e feliz começa por simplesmente pertencer à família de origem, fazer parte e estar ciente do papel que se tem dentro do sistema familiar.

Em uma sessão de terapia, é possível identificar padrões de comportamento repetitivos, bloqueios, conflitos familiares e, a partir de então, compreender por onde a energia passou a fluir com dificuldade até chegar aos dias de hoje.

 É essencial olhar para os ancestrais, aceitar tudo exatamente como foi, agradecer e honrar tudo que aconteceu antes de nós. Só assim tomamos força e impulso para seguir na vida de todas as melhores formas.

 A prática da terapia de Constelação Familiar pode ser individual, quando estão presentes apenas o terapeuta e o constelado, ou em grupo, quando mais pessoas se reúnem para assistir e vivenciar a experiência de uma sessão.

 A participação nos grupos de Constelação Familiar permite agregar um grande valor de aprendizado, para iniciar o caminho de cura individual e coletiva do sistema.

 

Por Hellen Parpinelli


Busca