Notícias

15/10/2019
Portas em automático

Portas em automático

Senhores passageiros, preparem-se para embarcar nessa nova coluna e explorar o mundo do Turismo na companhia de quem ama planejar viagens

Olá vizinhos da Gleba! Preparados para carimbar esse passaporte junto comigo?
Eu sou a Cris e convido você a embarcar no universo das viagens mais incríveis.
Fiquei muito feliz quando recebi o convite para escrever esta coluna. Tenho certeza de que tenho muito para compartilhar e contribuir com você, que, assim como eu, tem paixão por viajar.

Minha experiência nessa área começou logo cedo. Nasci em uma família que sempre gostou muito de conhecer lugares novos. Então, desde criança, já conhecia muitos destinos, numa época em que viajar não era tão comum. Nunca me esqueço da lição de planejamento financeiro que aprendi quando meu pai organizou nossa primeira ida à Disney. Ele abriu uma poupança para mim e para minhas irmãs e depositou uma certa quantia todos os meses durante cinco anos! Eu tinha nove anos quando esse sonho tão esperado se realizou. Foi aí que começou minha paixão pela Disney, esse destino incrível que tenho o prazer de visitar todos os meses de julho e ainda levar comigo grupos de adolescentes em um trabalho que faço com muito amor.

Logo que terminei minha faculdade de Administração, em São Paulo, naturalmente fui atraída pelo desafio de fazer parte da Albatroz Turismo, empresa da minha família, que, desde 1985, desempenha um trabalho que é referência em turismo de qualidade.

Desde então, a Albatroz tem sido minha casa, minha escola, minha missão e minha paixão. Para mim, é um prazer ajudar a planejar experiências que impactam na vida das pessoas, mudando seu olhar para o mundo. É gratificante ver como evoluem e se tornam mais interessantes depois de uma viagem.

A tecnologia encurtou distâncias, aproximou culturas e popularizou destinos antes inacessíveis. Nada é mais gostoso do que começar a viajar virtualmente, desde as pesquisas nos sites, blogs e mídias sociais. Porém, é inegável que a quantidade de informações disponíveis inunda a mente de quem está em busca do roteiro dos sonhos.

Por onde começar? Quando é um bom negócio garantir a passagem numa promoção? Quantos dias em cada lugar? Quais os cuidados com a documentação? A expectativa está de acordo com a realidade?

São muitas as questões que vejo no meu dia a dia. A facilidade de comprar a viagem muitas vezes não condiz com a complexidade que o processo exige. Sem falar nos custos e nos perrengues que acompanham uma decisão mal tomada.

Por isso, quero fazer deste espaço um lugar para interagir com você, trocar ideias e experiências, além de mostrar o valor que um bom agente de viagens pode agregar à sua jornada.

Convido você a seguir @albatroz_turismo e @crispitolgrassano e a interagir comigo, enviando sugestões e comentários a respeito do conteúdo que gostaria de ver neste espaço. Até a próxima!

Por Cris Pitol Grassano

Busca