Notícias

12/09/2019
5 coisas que você precisa saber sobre Cultura Maker

5 coisas que você precisa saber sobre Cultura Maker

 

Está nos jornais, nas revistas de educação e na ponta da língua dos profissionais ligados às novas metodologias de ensino. Mas afinal, o que é Cultura Maker?

Conhecida como a cultura do “faça você mesmo”, ela foi desenvolvida nos EUA e surge como um resgate da ideia de que todos somos capazes de criar, construir, consertar e adaptar através de recursos de marcenaria, eletrônica e robótica.

Ferramenta de inovação pedagógica, no âmbito escolar a Cultura Maker é experienciada de maneira interdisciplinar. Aprimora o diálogo, a colaboração e a capacidade dos alunos de resolverem problemas de forma criativa. 

Listamos abaixo as 5 coisas que você PRECISA saber sobre Cultura Maker!

  1. O espaço maker

Ferramentas de marcenaria, robótica e outras tecnologias são imprescindíveis em um ambiente maker. Desenvolver um robô pintor parece algo impossível? No ambiente maker não é. 

Unindo o conhecimento, a criatividade e as ferramentas, os alunos poderão resolver o desafio com muita cooperação. 

2.            Aprender conectado

Na prática maker, professor e alunos cruzam conceitos de diversas disciplinas na busca de soluções inovadoras para desafios.

No caso do robô pintor, por exemplo, conhecimentos das áreas de Física, Arte e Matemática precisam ser conectados para que a missão seja cumprida.

3. Experimentar novas possibilidades 

Os alunos são desafiados a experimentar e pensar fora da caixa. É a hora de reunir todo o saber que lhes foi ensinado nas salas de aula, analisar os recursos disponíveis no espaço maker e propor soluções inovadoras. Se um robô pintor já foi criado, por que não inovar e projetar um robô artista que pinta e dança? 

4. Alunos protagonistas

O mundo mudou - e a posição dos alunos também. De consumidores de conhecimento, tecnologia e informação, os alunos passaram a ser protagonistas desta grande mudança. Eles são encorajados a aplicar o que já sabem para solucionar problemas e desafios reais.  

5. Competências Socioemocionais

Para a construção de um projeto maker, é essencial que todos os alunos participem. Por isso, ao serem desafiados com a criação de um robô artista, os alunos aplicam não só Física, Arte e Matemática, mas também colaboração, empatia e autonomia. Afinal, a união faz a força - e também robôs. 

 

Colégio PGD 2020

A Cultura Maker chega no Colégio PGD para tornar a aprendizagem de nossos alunos ainda mais criativa, inovadora e colaborativa. Um espaço exclusivo, inspirador e com a “cara” maker será inaugurado em nossas instalações para o ano letivo de 2020.

Busca