Notícias

12/09/2019
A importância da coloração na imagem pessoal

A importância da coloração na imagem pessoal

A cor talvez seja a força mais importante na comunicação de moda. Inconscientemente, todas nós usamos a cor para transmitir nossos humores, personalidade e inseguranças. Sendo assim, a mulher (ou o homem) deve saber que tons funcionam bem num dado contexto e quais tons trabalharão contra ela. Saber como usar a cor em seu proveito é, definivamente, um excelente artificio para empoderar a sua imagem.

Na análise de coloração pessoal, usamos tecidos de cores diversas e vemos como nosso rosto reage a eles, mais especificamente conseguimos ver quais cores se harmonizam com cada subtom de pele, olhos e cabelos.

A cor certa para a sua pele tem o poder de valorizar suas características, deixando-a com um tom homogêneo e com uma aparência mais saudável, disfarçando imperfeições como olheiras, manchas, rugas. O mais importante de tudo, no entanto, é que as cores certas transmitem uma mensagem de disposição, motivação e alegria. Em contrapartida, quando usamos as cores erradas, nosso rosto fica com aspecto de cansado e abatido, além de parecermos pálidas e desanimadas. Quando estamos com as cores erradas, usamos até mais maquiagem para disfarçar olheiras.

Especificamente para os homens, já que eles não utilizam maquiagem, conhecer a cartela de cores torna-se ainda mais importante, tanto para evitar transmitir uma imagem de cansaço como de muita severidade, por exemplo. Para quem usa terno e gravata, algumas dicas: as gravatas azuis, principalmente as mais escuras, passam confiança; já as vermelhas contribuem para que as pessoas escutem seu discurso. É por isso que políticos usam muito gravatas vermelhas.

Essas cores são entregues em uma cartela pessoal e usadas para compra de roupas, acessórios, maquiagem e cor de cabelo. São 64 tons ideais para sua pele. Dessa forma, conhecer sua cartela de coloração a ajuda a ter um consumo mais consciente, incentivando-a a ser mais assertiva em suas compras.

Quais são as cores que você costuma usar? Essas cores estão alinhadas com seu ambiente profissional? Quais características de personalidade você transmite ao usá-las? É esse o seu propósito? As cores que escolhemos usar devem ser coerentes com o discurso que fazemos a nosso respeito. Quando você diz “Sou confiável, responsável“ e suas roupas desmentem, dizendo “Sou imaturo”, passa uma imagem confusa. Muitas pessoas têm receio de usar cores no seu trabalho com medo de chamar muita atenção, mas já parou para pensar que você não está se vestindo de acordo com a sua personalidade e não está mostrando quem você realmente é?

Quando analisamos as cores, é importante perceber que não se trata de um assunto fútil ou superficial, pois o estudo do tema é muito antigo e é encontrado em livros do famoso filósofo alemão Goethe.       Tudo o que está ao redor da nossa vida gira em torno das cores, como demonstra a psicologia do marketing das cores. Quem trabalha com propaganda sabe que isso é muito importante. Um exemplo famoso é o fast food McDonald’s, que aposta nas cores amarelo e vermelho para causar excitação e ansiedade, incentivando o comer rápido para ir logo embora. Agora, um restaurante aconchegante possui tons mais amadeirados, tons mais quentes para que as pessoas se sintam à vontade para permanecer no ambiente.

É importante avaliar a mensagem que transmitimos por meio das cores e em quais ocasiões as usamos, porque elas influenciam muito a nossa linguagem não verbal e nossa relação com o outro. Nesse sentido, saber o significado das cores em momentos pontuais de nossa vida é fundamental. Com essas dicas e as orientações, é possível prestar mais atenção na hora de escolher as cores das roupas que vai vestir. Lembre-se: a imagem pessoal é sua marca e a cor é um atributo que impacta fortemente em sua aparência!

Por Ana Zanluchi, empresária de moda e consultora de imagem e esilo

Busca