Notícias

06/10/2014
Aniversário
ConGP - cinco anos de importantes realizações
site outubro.jpg
Resumidamente, a semente do que viria a ser o Conselho de Condomínios Residenciais da Gleba Palhano ocorreu com o primeiro encontro de integração há cinco anos (em 22 de setembro de 2009, no Ed. Le Corbusier), por iniciativa do vice-síndico Mário Jorge de O. Tavares, prontamente atendida pelo síndico José Antonio Curotto, tendo sido convidados todos os condomínios vizinhos.  
Apresentaram-se, como propostas iniciais para validação e definição de linha de ação, dentre outros possíveis estudos e discussões: segurança patrimonial; fornecimento de gás; manutenção de elevadores; fornecimento de água e energia pela Sanepar e Copel; profissionais qualificados em serviços (jardinagem, piscina, manutenção predial, porteiro eletrônico, portões, câmeras); treinamento de funcionários e condôminos em situações de emergência; cadastro dos condomínios; envidraçamento de varandas; redução de despesas; proposição de calendário para reuniões.  
Nesse início, também criada, pelo advogado Carlos Roberto Scalassara, uma rede de comunicação via internet. A segunda reunião ocorreu no Ed. Gaudi (em 10 de novembro de 2009), discutindo-se problemas relativos à segurança patrimonial; a terceira, no Ed. Paranoá (em 3 de dezembro de 2009), visando sensibilizar o Poder Público sobre o aumento pretendido do IPTU acima da inflação, e, assim, foram se sucedendo as reuniões. 
Dentre outras importantes conquistas, só para citar algumas, houve licitação para fornecimento de gás e procedimentos de coleta seletiva de lixo (na gestão do Ed. Bosque Berbert, cujo síndico era Ésio de Pádua Fonseca); proposta de serviços de monitoramento de alarmes (na gestão do Ed. Solar Rivera, cuja síndica era Alessandra I. S. Resquetti, com orientação técnica do capitão Gustavo Hauenstein); criação de comissões (agora, coordenadorias); sensibilização do Poder Público quanto ao projeto inicial que pretendia implantar superpostes, cortando áreas densamente povoadas (na gestão de Nairon R. Santanna) e implantação de serviço administrativo do ConGP, com divulgação de balancetes mensais (na gestão do Ed. Arquiteto Villanova Artigas, tendo como síndica a professora Rita de Cássia)
O ConGP passou a ser formalmente representado com a elaboração e registro do Estatuto do ConGP (criado pelo advogado Carlos R. Scalassara, inspirado no  Conselho Europeu , durante a gestão do Ed. Condomínio Costa Esmeralda, tendo como síndica Adriana Moreira Neves), no qual consta atualmente que, a cada ano, um edifício assume a Presidência; bem como com a obtenção do CNPJ, em 22 de setembro de 2011. 
Enfim, essa é apenas uma mostra de tantos outros importantes feitos, onde cada Presidência do ConGP, de forma voluntária, não mediu esforços para fazer o seu melhor, apoiado pelos coordenadores das comissões e demais membros do ConGP. A Presidência do ConGP é exercida atualmente pelo Condomínio Jardins Eco Resort & Residence, cujo síndico é Janderson Marcelo Canhada, em sucessão ao Condomínio do Ed. Arquiteto Villanova Artigas, cuja síndica é Rita de Cássia Ferreira Leite. 

Conselho de Condomínios Residenciais da Gleba Palhano

Busca