Notícias

17/01/2019
Previdência - Planeje sua aposentadoria
Planejamento previdenciário

Para se aposentar, é necessário cumprir vários requisitos exigidos pela Previdência, demandando atenção, paciência e organização do requerente. Caso contrário, o segurado poderá ser prejudicado financeiramente. Como opção, apresenta-se o planejamento previdenciário, que possibilita a expectativa de recebimento do melhor benefício previdenciário possível.
Sabe-se que o sistema previdenciário e as regras que envolvem os requerimentos de aposentadoria no Brasil são burocráticos e complexos. Por essa razão, o planejamento previdenciário é uma medida que traz maior agilidade para o trabalhador, minimizando erros e proporcionando um melhor encaminhamento do benefício.
O planejamento previdenciário pode ser definido como a análise da situação do segurado na busca pelo melhor benefício em menor tempo, ou seja, é o estudo do histórico de tempo de contribuição (tempo de serviço), da idade, das contribuições previdenciárias, das atividades desenvolvidas ao longo da carreira, dos salários de contribuição e da legislação aplicada ao caso concreto, objetivando a realização de projeções futuras para orientar o segurado sobre as possibilidades de aposentadorias mais vantajosas com os diversos regimes de Previdência.
Permite que o trabalhador se prepare para o futuro, contribuindo para receber a aposentadoria planejada no menor tempo possível; organizando a vida contributiva de forma preventiva; evitando prejuízos com recolhimentos desnecessários e trazendo maior segurança e expectativa de uma aposentadoria mais vantajosa.
A principal razão para realizar o planejamento de aposentadoria é a vantagem financeira que esse processo pode proporcionar no futuro, evitando o prejuízo de se aposentar depois do tempo, ou antes do tempo.
Para os jovens, o planejamento é de suma importância, pois poderão utilizá-lo para um planejamento estratégico e como subsídio para a tomada de decisões futuras, evitando desperdícios, prejuízos e desgastes desnecessários mais à frente.
Além disso, esse estudo faz uma estimativa matemática que permite visualizar os valores dessas contribuições com o objetivo de definir qual será o montante recebido a título de benefício.
O planejamento da aposentadoria pode ser realizado a qualquer tempo; entretanto, a recomendação é: quanto antes, melhor. Por isso, aconselha-se que os jovens de 20 a 30 anos busquem um profissional capacitado a ajudá-los a identificar toda a documentação necessária para a elaboração do planejamento. Porém, aos mais velhos (faixa de 40 a 55 anos), caso ainda não tenham feito, o conselho é correr para planejar.
O planejamento deverá ser realizado a partir do cálculo do tempo de contribuição, feito com base em documentos oficiais fornecidos pelo contribuinte; do cálculo do valor do benefício, que permite visualizar uma expectativa de quanto será a renda de aposentadoria do trabalhador e pela investigação de possibilidades, que serão apresentadas pelo profissional habilitado a realizar o planejamento previdenciário.
Com todas a documentação necessária em mãos, é possível ter uma visão clara e geral sobre o histórico previdenciário até o momento da elaboração do estudo, o que vai proporcionar a análise das alternativas disponíveis para a obtenção do benefício, sempre buscando as melhores soluções para problemas que ocorreriam se o segurado não desfrutasse das vantagens do planejamento.
Para a sua realização, é indicado um profissional que tenha conhecimentos necessários para garantir um suporte em todas as questões legais e documentais que envolvem a Previdência Social; por isso, recomenda-se um profissional especializado em direito previdenciário.
A vantagem do apoio técnico de tais profissionais é visualizada a partir da facilidade de se obter informações com maior segurança técnica e embasamento legal, sem riscos de planejar de forma inadequada; coletar documentos desnecessários ou de indicar contribuições inapropriadas.
Independentemente da idade, a aposentadoria é algo a ser pensado com bastante antecedência e, ao buscar o planejamento previdenciário como uma ferramenta para a organização e a programação da futura aposentadoria, há a visualização do caminho mais seguro com o fim de antecipar possíveis problemas.

Renata Brandão Canella
Advogada 

Busca