Notícias

10/06/2018
ConGP quer doar semáforos para instalação na Avenida Ayrton Senna
footbridge-377525_1280.jpg

Atravessar a pé a Avenida Ayrton Senna não é das tarefas mais fáceis. Em horários de alto movimento, uma simples travessia pode durar até quinze minutos.  O problema é pior entre as ruas Ernâni Lacerda de Athayde e João Huss, local em que estão instalados três torres comerciais, um supermercado e o Aurora Shopping. 
Nessa região da avenida, há um intenso fluxo de entrada e saída de veículos e de trabalhadores que utilizam o sistema público de transporte. Infelizmente, acidentes envolvendo pedestres e automóveis estão se tornando uma rotina. Apenas a sinalização das placas e da faixa de pedestre não faz os carros pararem. Normalmente, o que se vê são motoristas em velocidade maior do que a permitida pela lei de trânsito. Mesmo quando os pedestres estendem as mãos para fazer a travessia é difícil que alguém pare.
Além disso, os pedestres também precisam prestar bastante atenção aos motociclistas que andam entre os carros. É muito comum o cidadão esperar os carros pararem e dar de cara com alguma motocicleta no meio do percurso, podendo ser atropelado.
O problema é antigo, há dois anos o ConGP solicitou à Prefeitura de Londrina a instalação de semáforos dos dois lados da avenida.  A imprensa também já noticiou o problema, como apontou o Jornal da Gleba, em sua 
edição de julho de 2017. A reportagem ouviu moradores afetados pelo problema e cobrou as autoridades responsáveis. Mesmo assim o IPPUL não deu nenhuma resposta ao pleito dos contribuintes da Gleba Palhano. Em março de 2018, o ConGP apelou por providências diretamente ao gabinete do prefeito Marcelo Belinati, mas, mais uma vez, o silêncio do poder público se manteve.  
Diante da inércia e do desinteresse da prefeitura, o ConGP protocolou no IPPUL, no dia 18 de maio deste ano, a intenção de doar dois semáforos, para serem instalados no local citado. A doação seguirá todas as normas e especificações técnicas exigidas pelo órgão municipal. Nesse caso, o município fica incumbido de instalar e fazer a manutenção dos equipamentos. O ConGP espera que a resposta da prefeitura seja ágil e positiva! 


Se você é morador da Gleba Palhano e deseja contribuir com esse e outros temas participe das próximas reuniões do ConGP. Para saber os locais e os horários de nossas reuniões, entre em contato conosco pelo e-mail: [email protected] .

Busca