Notícias

10/06/2018
Pet friendly: espaço onde o seu bichinho de estimação é muito bem-vindo
Estabelecimentos pet friendly vêm ganhando espaço na Gleba
Segundo dados recentes, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),o Brasil já conta com 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos criados em domicílios. No ranking nacional de lares com cachorros, nosso estado aparece na liderança: a cada dez casas no Paraná, seis têm um amigo fiel
catioro.jpg

Os animais de estimação conquistam cada vez mais espaço e importância dentro das casas dos brasileiros. Antes relegados aos quintais e tidos apenas comoum recurso a mais de segurança, têm se tornadoqueridos membrosda família,e tratados, muitas vezes, como filhos.
Por essa razão, cada vez mais empreendimentos levam os bichinhos em consideração na hora de criar projetos e, assim, atender seu público. Na esteira dessa mudança, o conceito pet friendly, comum em muitos países, está conquistando cada vez mais adeptos no Brasil. A expressão pode ser traduzida,literalmente, como “amigo dos animais” e é utilizada para identificar lugares onde os pets são bem-vindos e podem permanecer. 
Hoje, em muitas cidades, como Londrina, já não é tão complicado encontrar lugares onde cães e gatos podem curtir os passeios, junto com os donos.São vários os restaurantes, padarias,shoppings e hotéis que oferecem espaços e serviços destinados aos clientes de quatro patas.
Renata Meranca, arquiteta e proprietária do Deméter Café & Bistrô, inaugurou o estabelecimento há um ano, desde o início definindo-o como um espaço pet friendly. “Quando projetei o Deméter não pensei na possibilidade de não ser um espaço pet friendly. Não vejo razão para não serassim, mesmo eu não tendo um bichinho de estimação. Morei na Austrália durante um ano e lá é muito comum os espaços serem abertos aos pets”, conta.
Para muitos,antes desse conceito tornar-se mais conhecido, ir a um restaurante levando o cachorro era uma tarefa bem complicada. Mas essahistória vem mudando, como comenta adona de casaKarin Egashira, dona do Uddy, um Golden Retriever muito conhecido dos londrinenses. Karin acredita que a atenção dos comerciantes em relação ao assunto tem aumentado muito nos últimos meses. “O Uddy tem quase cinco anose, no começo, era muito difícil encontrarmos um lugar ondepudéssemos levá-lo. Acabávamos ficando mais em casa, para não deixá-lo sozinho. Com o passar do tempo, isso foi melhorando e hoje encontramos diversos locais bacanas que são petfriendly. Na hora de escolherum restaurante ou um local para passear, uma das primeiras coisas que a gente pesquisa é se permitem animais de estimação; isso geralmente define a nossa escolha”, conta.
Em alguns espaços, os animais ficam perto da mesa;em outros, em lugares reservados, como nos canis. Na Gleba Palhano, por exemplo, a maioria dos restaurantes, padarias e bares permite a presença dos bichinhos nas áreas externas, liberando, para o dono, circular com ele e deixá-lo ao lado da mesa.É importante ressaltar que existe a liberdade de levar os animais, mas eles devem ficar sob o controle dos donos para que não haja incidentes. Além disso, vale consultar antes, com o estabelecimento, as normas aplicadas para evitar problemas, pois as regras variam.Há espaços que só permitem cachorros de pequeno porte, por exemplo.

Algumas opçõespet friendlyna Gleba Palhano:
- Aurora Shopping
- Catuaí Shopping
-PanetteriaPalhano
- Madame Brulee
- PalhanoGastro Park
- Deméter Café & Bistrô
- Green Açaí

Talita Oriani

Busca