Notícias

18/02/2018
Repetindo roupa com elegância
Há uma crença que ronda muitas mulheres de que repetir roupa não é permitido. Muitas de nós travamos uma corrida maluca por peças novas a cada festa, a cada jantar, a cada encontro com os amigos. Tudo bem que movimentar a economia é sempre interessante, mas fazer circular a energia somente fora do seu armário não é o mais recomendável. A energia estancada dentro das portas do seu guarda-roupa precisa circular. Roupa abandonada após um ou dois usos não colabora para a construção de um acervo pessoal interessante e suficiente. Aliás, suficiência é a palavra que deveria substituir o descarte indiscriminado. 

estilo2-pixabay.com.jpg

Sou a favor de nos desfazermos de peças que não contam mais nossa história de vida, que não vestem mais tão bem nosso corpo ou que estão com prazo de validade vencidos. Contudo, definir um critério para a retirada da peça é fundamental. Repetir roupa é chique, é sinal de inteligência e de responsabilidade. 
Conseguir administrar as peças do armário de modo que os looks tenham características diferenciadas é a grande sacada, porque uma mesma blusa pode compor looks distintos! A gente tem inúmeras formas de dar vida nova às mesmas peças. Com a ajuda de acessórios, coletes, casacos e lenços, já é possível transformar completamente a aparência. Da mesma forma, podemos pensar em variar o nível de formalidade do look, mesmo usando a camisetinha de malha. Em uma primeira alternativa, ela pode vestir uma mulher casual usando seu jeans e tênis, enquanto que, em outra ocasião, pode ser combinada com uma saia midi e salto alto. Já pensou?
A criatividade tem de ser aflorada. Precisamos abrir mão de antigas crenças, que, muitas vezes, ditam regras insustentáveis, para dar vez à possibilidade de pensamentos mais frutíferos. Comprar com consciência engloba pensar nas inúmeras situações em que cada peça pode ser usada. O legal é comprar para usar o máximo de vezes possível. Essa é a conta do custo-benefício, essa é a inteligência por trás do vestir e esse é o pensamento mais moderno que vai trazer alívio, economia e elegância real. 
Com as festas de fim de ano se aproximando, tente dar uma chance para a saia branca que você usou há cinco anos. Ela pode ser base para um look totalmente renovado. Se não for dessa forma, você pode estar sendo vítima de um armário lotado de peças muito semelhantes, que atrapalham sua visualização diária. Encara o desafio? Eu garanto que você mesma vai se surpreender com o resultado e que ninguém vai se importar ou sequer lembrar que a saia foi resgatada.

Gabriela Favoreto
*imagem pixabay.com

Busca