Notícias

10/08/2017
Eleição do ConGP, Zona Azul, Radar e IPTU
No dia 1º de agosto, o ConGP realizou sua reunião mensal. O evento aconteceu no condomínio Vilanova Artigas, com boa presença de síndicos e moradores da Gleba Palhano.  Foram discutidos diversos temas de relevância para o bairro, como a eleição do condomínio que representará o ConGP pelos próximos 12 meses; a implementação da Zona Azul; a instalação de um radar eletrônico,  e o abaixo-assinado sobre o aumento do IPTU: 

IMG_6201.JPG
Foto: Vandercy Garcia, Sidnei Amaro, Marcus Ginez, Maurício Sanchez e Juliano Dalto

Reeleição - O Condomínio Arquiteto Julio Ribeiro foi reeleito por aclamação para mais um mandato à frente do ConGP.  O atual síndico do condomínio, o advogado Marcus Ginez, comentou que está muito feliz com a confiança depositada nele pelos outros síndicos do bairro. Marcus Ginez pretende, até o final de seu mandato, implementar o projeto de instalação das supercâmeras de segurança, modernizar as minirrotatórias, e  trocar as placas atuais por novos modelos. "Fico honrado e feliz de ter a chance de terminar os projetos iniciados por esta gestão há 1 ano", comemorou. 

Zona Azul - A pedido dos comerciantes da Avenida Ayrton Senna, o ConGP solicitará à CMTU e ao IPPUL a instalação da Zona Azul nas avenidas e ruas comerciais do bairro.  Os comerciantes relataram para os síndicos presentes que o comércio de rua está definhando, pois não há vagas de estacionamentos para seus clientes. 

Radar e semáforos - O ConGP também solicitará aos órgãos municipais, CMTU e ao IPPUL a instalação de um radar eletrônico para diminuir a velocidade dos veículos que trafegam na Avenida Madre Leônia Milito, próximo à Rua Maria Lúcia da Paz (perto da loja da Tok Stock). Também será solicitado estudo para instalação de mais semáforos e faixas elevadas. 

IPTU - Em decisão unânime, o ConGP resolveu apoiar o abaixo-assinado do advogado e professor universitário André Trindade. Ele esteve presente à reunião e foi decidido que os síndicos filiados vão colher assinaturas que serão entregues à presidência da Câmara de Vereadores. O abaixo-assinado pede aos vereadores que o reajuste da Planta de Valores do Município seja escalonado em até cinco anos. 

Busca