Notícias

10/07/2017
O Baiano voltou!
Ícone da noite londrinense reabre as portas na Gleba Palhano

materia menu divulgacao.jpg

Antônio Kanashiro, falecido em 2010, foi uma das lendas da noite londrinense. Talvez você não o conheça pelo nome verdadeiro, mas, se tiver mais de 30 anos de idade, com certeza o conhece pelo apelido: Baiano, o rei das batidas. 
O Bar do Baiano, fundado em 1969, passou por diversos pontos da cidade. O mais famoso deles provavelmente foi a casa de madeira, que ficava nas imediações da Avenida Maringá. De lá, foi para Avenida Higienópolis, onde fechou as portas no começo dos anos 2000. 
Agora, ele está de volta, instalado na Gleba Palhano e com uma proposta diferente. Além das tradicionais batidas e dos quitutes do bar, como o famoso croquete de carne feito diariamente pela octogenária Cecília Kanashiro - viúva de Baiano e mãe de Gustavo Kanashiro, o atual responsável pela casa -, também é servido um almoço caprichado todos os dias. 
Gustavo conta que o local para o retorno do Baiano foi muito estudado. "Fizemos alguns levantamentos e chegamos à conclusão de que não existem muitas opções de bons restaurantes na parte de cima da Gleba Palhano, essa que fica próxima à Avenida Madre Leônia Milito. Por isso, decidimos trazer nosso know-how para cá". 
A família Kanashiro é proprietária do restaurante Duegusti, mais conhecido como restaurante da AREL, por estar instalado dentro do clube alemão. "Conheço muita gente que sai da Gleba Palhano para almoçar lá,  no nosso restaurante da AREL, mas agora esses clientes não precisam mais gastar gasolina e tempo. Um pouquinho de caminhada e o restaurante do Baiano está de portas abertas para receber nossos vizinhos e amigos", comenta Kanashiro.
O novo Baiano fica na praça de alimentação do Palhano Square Garden, próximo à rotatória das avenidas Madre Leônia e Ayrton Senna. A entrada para chegar ao Baiano fica na Rua Dimas de Barros (em frente ao condomínio Poty Lazzarotto). Durante o almoço, são servidos 12 tipos de saladas frescas, 2 tipos de massas e mais 13 pratos quentes e acompanhamentos, entre eles o já citado croquete do Baiano. 
O ambiente é pequeno e bastante agradável. O clima familiar é facilmente perceptível, já que, além de Dona Cecília, também trabalham na casa outros parentes de Gustavo, como primos, esposa e irmãos. "Esse ambiente familiar é uma característica nossa, queremos que outras famílias da Gleba Palhano sintam o mesmo durante o nosso almoço", afirma. 
Já para os clientes saudosistas do antigo bar, a casa oferece à noite as clássicas batidas, que fizeram a fama do Baiano. São receitas antigas e novas porções, como a panceta assada e crocante (foto), servida com farofa e mandioca frita. O bar fica aberto das 17h30 às 23h30, de segunda a sábado. "Queremos convidar nossos antigos clientes e nossos vizinhos para que venham conhecer o novo bar e restaurante do Baiano", finaliza Kanashiro.

Baiano "O Rei da Batida" - Bar e Restaurante
Edifício Palhano Square Garden - Entrada pela Rua Dimas de Barros
Tel: (43) 3367-1997 

Rafael Montagnini

Busca