Notícias

15/05/2017
Moda inverno
Como se vestir para o inverno?

O friozinho bateu na porta e a gente já se pega pensando em como viver o inverno em grande estilo. Muitas pessoas acham mais fácil estar bem vestidas nessa estação, mas outras tantas encontram dificuldades para ficar aquecidas sem virar um pacote mal embrulhado.
Por morarmos em um país tropical, podemos ter mais sabedoria para montar looks de verão e, inclusive, ter um armário muito mais preparado para os dias de calor. É mais natural nos imaginarmos num dia ensolarado, confortavelmente vestidas à beira de uma piscina, que em um dia cinza, no qual os programas parecem mais escassos. Quando temos de acionar nossa inteligência para nos vestir para o inverno, podemos encontrar certa resistência interna pelo repertório mais conciso que colecionamos ao longo de nossa trajetória. Mas não podemos taxar essa dificuldade como uma verdade incontestável. Se a questão é falta de repertório, podemos nos empenhar em deixá-lo mais denso, concorda?
Por isso, para fazer do inverno a estação mais elegante do ano, a gente pode pensar em buscar inspiração em lugares que, aparentemente, não estão ligados ao mundo do vestuário. Já que estilo tem muito mais a ver com comportamento do que com moda, vale investir seu tempo lendo livros, assistindo filmes que se desenrolam no inverno, observando pessoas que moram em países gelados, visitando uma exposição de arte e aprendendo sobre culinária para os dias frios. Antes de encarar as lojas ou seu próprio armário, estar com o conteúdo interno enriquecido é meio caminho andado para se vestir bem. 
A gente pode observar que existem tecidos próprios para os dias mais gelados, que podem ser comprados aqui ou em viagens que fazemos para locais onde a temperatura é mais baixa. Escolhendo tecidos que de fato esquentam (os sintéticos não deixam o ar passar, por exemplo), não é necessário colocar muitas camadas de blusas, que vão deixar o visual menos atraente. O mesmo vale para a parte de baixo do look. Uma calça em tecido mais grosso, como o veludo cotelê ou couro, pode garantir conforto instantâneo. Já pensou em continuar usando suas saias e vestidos com uma meia calça fio 80 ou superior em tecido sintético? Ela pode aquecer muito mais que um jeans de algodão fino. 
Investir em bons casacos também é uma atitude interessante. Não precisa de quantidade se você tiver um clássico que seja a sua cara. Você pode mudar a echarpe e a blusa de baixo, brincando com cores e incrementando o visual com acessórios. Vale até braceletes por cima da manga da blusa para garantir um charme extra. 
Por fim, cuidar para que os pés estejam sempre quentinhos é o melhor jeito de não passar frio. Vale pensar em solados mais grossos ou adquirir palmilhas de inverno, feitas com pelo, para somarmos aos sapatos que já temos.
Inspire-se e viva um inverno cheio de alegria!

Gabriela Favoreto

Busca