Notícias

10/04/2017
Gleba Palhano bem sinalizada
Sempre atento aos anseios dos moradores da Gleba Palhano, o ConGP pretende demarcar todas as esquinas do bairro com modernas placas de sinalização, já que, atualmente, muitas ruas não possuem nenhum tipo de informação. Outro problema apontado por moradores filiados ao ConGP é a diferença estética e de informação entre as placas. 
"Temos alguns tipos de placas na Gleba Palhano: as tradicionais azuis, feitas de ferro e que facilmente se deterioram, e outras, feitas pelas construtoras, apenas com o nome da via", explica Sidnei Amaro, secretário do ConGP.  Ele também aponta outro fator importante para a uniformização das placas no bairro: "É natural que muitos visitantes ainda não estejam familiarizados com as nossas vias, pois somos um bairro jovem. Quem também enfrenta esse problema diariamente são os trabalhadores que precisam fazer entregas por aqui".  
As placas que serão instaladas por toda a Gleba Palhano foram desenvolvidas pelo designer Pedro Massi. Com a nova sinalização, o transeunte terá informações como nome do logradouro, numeração em ordem crescente, cep,  e região da cidade. Cada zona da cidade receberá uma cor diferente.  

Placas---GLEBA.png


Pedro Massi, responsável pelo projeto de sinalização, explica que o material utilizado na confecção das placas é muito mais resistente que o das atuais placas de ferro, e muito mais ecológico. "Essas 'ecoplacas' são feitas com material reciclado, provenientes de garrafas pets; é um material altamente durável e mais barato do que o das atuais placas azuis". 
O designer também explicou que o projeto contempla informações importantes para quem estiver trafegando pela Gleba Palhano. "As placas terão um visual simples e moderno, proporcionando uma leitura muito mais fácil para quem estiver a pé ou de carro. Minha ideia foi facilitar a vida de idosos, carteiros, entregadores e de quem utiliza o transporte público. Outra vantagem é que o material utilizado é todo reflexivo, bom para ser visto à noite", complementa. 
O projeto tem o aval do IPPUL (Instituto de Planejamento Urbano de Londrina), que pretende estender para outras regiões da cidade essa nova sinalização. A Gleba Palhano será o primeiro bairro da cidade a instalar essas placas.  Todo o custo com manufatura e instalação será bancado pelo ConGP. "Esperamos as últimas determinações do IPPUL para começar a instalar as novas placas; com certeza, dessa forma, estaremos melhorando ainda mais o dia a dia dos pedestres e motoristas que trafegam pela Gleba Palhano, essa é missão do ConGP", diz Sidnei Amaro. 
Se o seu condomínio ainda não é filiado ao ConGP, converse com o seu síndico. Sua participação é muito importante. Nossas reuniões acontecem uma vez por mês, sempre às segundas terças-feiras de cada mês, pontualmente às 19h30. Nesses encontros, debatemos temas importantes para nossa comunidade. Esperamos por você!

Publieditorial

Busca