Notícias

09/02/2017
Nova imagem pessoal
Mudança de ano é sempre uma bela oportunidade de reavaliar condutas e fazer uma triagem do que permanece e do que precisa mudar

pixabay (2).jpg

Muitas das coisas que nos cercam são passíveis de mudança, outras, no entanto, já não dependem só de nós. Para estas, basta acolhermos com paz e serenidade, mas aquelas que podem ser mudadas nos permitem uma gama maravilhosa de ações. 
Imagem pessoal é uma dessas coisas que se encaixam na categoria "posso mudar" e, então, não há desculpas para não ser o melhor que se pode hoje, com o corpo e o orçamento que se tem!
É possível perceber que, mesmo diante de algumas limitações de mudança, a maioria delas fruto da nossa própria mente, não há impeditivos cruciais para desenvolver um estilo pessoal e almejar ter uma imagem mais condizente com o momento de vida. A gente amadurece e, por isso, realizar pequenas adaptações na forma como nos apresentamos pode ser uma atitude muito bem-vinda. Muitas vezes, com o passar do tempo, buscamos inclusive vestir roupas mais alegres e joviais que denunciam uma pessoa mais segura de si.
Quando nos comparamos a nós mesmos e fazemos pequenas evoluções, já somos vencedores! Não vale manter o olhar para fora e desejar algo que é do outro, seja o corpo ou o dinheiro, viu?
Então, para encarar com veracidade e bom humor, que tal usar os recursos disponíveis e construir uma identidade visual poderosa, que represente exatamente quem você é? Eu garanto que as variáveis manipuláveis ainda são muitas e suficientes para criar qualquer imagem que você deseje. 
Talvez um corte de cabelo diferente, uma peça nova, uma calça branca tingida de azul ou um jeito novo de usar as mesmas roupas que você já tem no armário, sejam milagrosos na tarefa de lhe trazer ânimo renovado e incentivá-lo a cultivar mais intimidade e identificação com a sua própria imagem. Que delícia! Temos uma infinidade de estratégias que podem ser usadas para conseguir o resultado mais conveniente para cada um de nós. 
Quer uma boa dica pra iniciar o processo de mudança (seja ela grande ou pequena)? Tenha claro como você quer ser este ano: mais descolada, alegre, elegante, séria, sensual, divertida... Sabendo como você quer parecer, fica mais fácil escolher em que peças investir. Essa orientação vale, inclusive, para ser repassada ao seu cabeleireiro, que saberá fazer um bom corte para a sua demanda do momento.
Ano novo, imagem nova! Por que não? Surpreenda-se e veja como todo movimento novo gera uma série de repercussões em sua vida. 

Gabriela Favoreto - Consultora de Imagem e Estilo

Busca