Notícias

18/07/2016
Revitalização do armário
Uma das etapas mais intensas da consultoria de estilo é a revitalização do armário. Com a proposta de identidade visual em mãos e uma boa dose de ânimo, partimos para a ação! As próximas horas são, então, preenchidas por avaliação criteriosa de cada peça do guarda-roupa, inclusive acessórios, e a destinação consciente delas para os baldes de: limpeza, conserto ou descarte (para doação ou venda). Peças que atendem aos critérios de cor, silhueta e estilo (ou de que a cliente gosta muito) permanecem no armário, limpas e bem organizadas!
Revitalizar o armário significa lançar luz sobre as peças que ali estão guardadas. Quando assumimos que um guarda-roupa pode ser revitalizado, assumimos também que é possível desenvolver um olhar renovado para as coisas que já temos. Dar vida nova ao que já nos pertence é o resgate do brilho no olhar para um fenômeno já conhecido. Lembra-se do encantamento que sentiu no ato da sua última compra? Por que perdemos o interesse em coisas que há pouco daríamos tudo para ter? A proposta da revitalização é gerar contentamento com as conquistas já obtidas e ter clareza absoluta das peças que de fato o armário carece.
Uma das razões de não conseguirmos valorizar nosso guarda-roupa é o fato de estar repleto de coisas que nem gostamos de vestir. As sobras atrapalham a manipulação do armário e nos trazem a péssima sensação de que, apesar de cheio, não há roupa suficiente no guarda-roupa. Peças já desgastadas pelo tempo, rasgadas, pequenas ou de anos remotos (que já não caem bem) podem ser separadas na pilha do descarte. Da mesma forma, podem sair do armário roupas que não favorecem seu biótipo, seu estilo e sua coloração pessoal. Certamente, algumas de suas peças ficarão muito bem em outras pessoas. Portanto, deixe elas irem...
É preciso fazer com que as peças que amamos usar brilhem dentro do armário! Tudo o que é importante tem espaço adequado para se abrigar, não fica jogado num canto qualquer. Tudo o que nos importa é levado para um passeio hora ou outra e jamais fica esquecido, sujo e mal-amado no fundo de uma gaveta. Mas, para brilharem, é também necessário que estejam todas prontas para uso. Portanto, barras feitas, botões pregados, ajustes em dia, blusas sem bolinhas e outros cuidados rotineiros são essenciais.
Ter um armário que realmente funciona para a vida atual e substituir a sensação de insuficiência pelo encantamento renovado é o resultado que conseguimos com uma boa revitalização do guarda-roupa.

Gabriela Favoreto - Consultora de Imagem e Estilo

Busca