Notícias

15/04/2016
Comportamento e redes sociais virtuais
Desde sempre, o interesse em se comunicar é algo que faz parte da vida, seja por fumaça, carta, telegrama, telefone, e-mail, sms, facebook, twitter e whatsapp. Ao longo do tempo, as tecnologias possibilitaram novas formas de se relacionar a respeito de interesses em comum. Hoje, as redes sociais virtuais representam novas formas de interação e modificam nossos comportamentos, assim como outras tecnologias fizeram no passado. 
Há quem diga que a maneira como as pessoas se comportam nas redes sociais virtuais causa prejuízos porque as distancia dos acontecimentos cotidianos não virtuais, superexpõe a intimidade e a falsa felicidade, incentiva o engajamento político de sofá e a superficialidade nos envolvimentos. De fato, é bastante perceptível a quantidade, velocidade e variedade de maneiras de se relacionar virtualmente.  O que não significa que isso seja ruim, mas apenas diferente das redes anteriores.  
Mas será que o mundo virtual, por vezes tão mal falado, teria também benefícios?
Falar mal das redes sociais talvez desconsidere as vantagens dessas novas formas de comunicação que estão aí, quer aceitemos ou não, e não são menos reais por serem virtuais. Nessas redes, a vida também existe, é possível compartilhar ideias, manter contato com várias pessoas, apaixonar-se, flertar e ficar feliz ou triste com alguma notícia. E para alguns é mais fácil, afinal, nem todos possuem habilidades sociais suficientes para apresentar em determinados contextos. Relacionar-se, ainda que virtualmente, pode ser um passo para o desenvolvimento de habilidades, que talvez futuramente possam acontecer fora do mundo virtual. 
Você já deve ter visto algo (provavelmente em alguma rede social virtual) falando a respeito do comportamento nas redes sociais virtuais. É engraçado até, mas há um paradoxo, pois as informações, geralmente sobre os prejuízos em relação às redes sociais virtuais, são transmitidas pelas mesmas redes. Mas por que as pessoas se comportam de determinadas maneiras? A princípio, é importante saber qual a relação do comportamento com o contexto, suas causas e consequências, analisar o que controla e mantém determinada conduta. Isso possibilita prever, manipular, controlar e modificar o comportamento. 
Essas redes são apenas novas formas de comunicação que, como as anteriores, também estão modificando nossas relações. Mas quem decide como vai se comportar em relação a elas é você. A virtualidade pode ser muito superficial, assim como a não virtualidade. Tudo vai depender de como você constrói suas relações. 

O lado bom da internet é que todos podem expressar suas opiniões.
O lado ruim da internet é que todos podem expressar suas opiniões.


Débora Dias
CRP 08/16407 

Busca