Notícias

15/04/2016
A lingerie certa
Sem título.jpg

Assim como muitas mulheres, você também escolhe a lingerie antes de escolher a roupa que vai vestir? Pois é, essa ordem tem de mudar! Apesar de ser a peça que vem por baixo, a lingerie deve ser selecionada por último, pois é a roupa que orienta a escolha da lingerie. Cada look que usamos exige um casamento perfeito com as peças de baixo.
Mesmo proporcionalmente menores que as grandes peças que compõem o look, a lingerie é responsável, em larga medida, por definir o posicionamento que se tem, podendo contribuir para um visual deslumbrante ou comprometê-lo totalmente, se forem escolhidos tamanhos, modelos ou cores erradas.
A lingerie deve acompanhar a roupa, servindo de base para que as peças que vêm por cima estejam acomodadas, com caimento perfeito e em total sintonia com a peça de baixo. Dessa forma, coopera para que o efeito de "mulher bem vestida" apareça, independentemente do estilo que se tem. 
Muitas blusas e vestidos nos desafiam e geram dúvidas se estamos fazendo a escolha certa da lingerie. A boa noticia, porém, é que o desafio chegou também para a indústria que produz essas pequenas peças. Encontramos hoje no mercado uma opção enorme de lingeries que foram desenvolvidas para as novas demandas. Portanto, vale uma visita a uma loja especializada, para ficar por dentro das novidades e, quem sabe, concluir que aquela blusa com as costas de fora que você tanto gostaria de usar agora pode fazer parte do seu armário, pois existe uma lingerie correspondente. 
Escolher o tamanho certo das calcinhas é imprescindível para que a roupa tenha caimento. Tamanhos menores ou calcinhas muito apertadas podem cortar o corpo e dar a sensação de que não existe um formato definido. Existem modelos variados de calcinhas que se prestam a diversos objetivos e que atendem diferentes biótipos. Não desista até encontrar um que melhor se adeque ao seu.
A mesma recomendação vale para os sutiãs. Com o passar da idade, é preciso reconsiderar o modelo que se usa, pois o formato dos seios pode mudar. Experimentar as opções disponíveis e olhar com calma no espelho para definir qual se encaixa melhor é uma dica preciosa. Para as mulheres que têm muito busto, lançar mão do sutiã com aro pode ser uma excelente maneira de manter os seios no lugar e bem definidos. Nunca se esqueça de que, para haver sustentação, o sutiã deve estar servindo também nas costas. Se estiver largo nessa região, a sustentação fica comprometida em até 80%. A boa notícia é que muitas marcas já estão disponibilizando sutiãs com medidas diferentes para as costas e para os seios.
Sutiã com alça aparecendo deve ser uma medida tomada apenas depois de muita reflexão. Para que não fique feio, certifique-se de que a blusa e o sutiã são da mesma cor, de que o sutiã é bonito para aparecer (muitos modelos têm sido feito com esse intuito) e que o ambiente propicia essa combinação. Em ambientes corporativos ou mais formais, não tente ousar dessa maneira. 
Nada pior do que deparar com uma mulher que, mesmo tendo optado por roupas maravilhosas, chama mais atenção pela escolha mal feita da peça de baixo do que pelas peças de cima. Calcinha escura com saia clara ou sutiã contrastante aparecendo são exemplos de coisas que prejudicam muito o resultado final. Portanto, não tenha preguiça de trocar a lingerie para garantir um visual elegante. Vale a pena, não vale?

Gabriela Favoreto 

Busca